Arquivos Novidades - Dedetizadora Pragfim BH

As 6 melhores maneiras de evitar piolho-de-cobra

O piolho-de-cobra é um animal invertebrado, semelhante a uma lacraia, porém, sem o ferrão e sem o veneno. Ele possui o corpo segmentado em anéis, patas duplas nas extremidades e um par de antenas. O piolho-de-cobra gosta de lugares úmidos e escuros. Portanto, é muito fácil encontrá-lo em quintais, troncos de árvores, folhagens e em meio a pedras.

Apesar de não ser um animal venenoso, o piolho-de-cobra incomoda bastante as pessoas. Quando é esmagado, ele solta uma mancha escura que suja o piso. Além disso, o piolho-de- cobra exala um cheiro desagradável quando se encontra em grandes quantidades e ao tentar se defender de predadores.

Muitos piolhos-de-cobra juntos podem causar prejuízos ao jardim, apesar de serem úteis na oxigenação da terra, assim como as minhocas. O animal é considerado uma praga de baixo risco. Veja a seguir como eliminar o piolho-de-cobra da sua casa.

Como acabar com o piolho-de-cobra?

O piolho-de-cobra gosta de lugares úmidos e escuros, como fendas e folhagens

A melhor maneira de eliminar o piolho-de-cobra é fazendo a prevenção e evitando que ele apareça e se reproduza no seu jardim ou até dentro da sua casa, o que é muito comum, principalmente em regiões úmidas, quentes e escuras.

No entanto, em situações mais críticas, quando há uma incidência muito grande desses animais, talvez seja preciso tomar uma medida emergencial, fazendo uso de produtos químicos como os pesticidas. Veja a seguir.

Usar pesticidas

Usar pesticidas é a maneira mais radical de eliminar o piolho-de-cobra. Mas também é uma estratégia bastante eficiente, principalmente quando há uma infestação muito grande desses animais no seu quintal.

Se optar por essa alternativa, certifique-se de usar o produto de maneira correta. Além disso, mantenha as crianças e os animais domésticos afastados durante o processo de aplicação do pesticida.

Tampar ralos da casa

Frestas e ralos tampados são importantes para que o piolho-de-cobra não entre na sua casa. Mesmo não estando presente no seu quintal, ele pode vir de casas e quintais vizinhos e invadir a sua residência, por meio dessas aberturas.

Os ralos são locais úmidos, escuros e escondidos, o que facilita bastante a proliferação desse pequeno animal, além de favorecer o surgimento de baratas dentro de casa. Utilize ralos com telas que evitem a passagem desses animais.

Verificar as calhas se estão secas e limpas

As calhas devem estar sempre limpas e secas, sem folhagens ou resquícios de outros materiais que possam impedir o escoamento total da água durante os períodos chuvosos. O acúmulo de folhas nas calhas favorece a reprodução dos piolhos-de-cobra.

Verifique também se o telhado está livre de quaisquer objetos que possam impedir o escoamento total da água da chuva. Além de evitar o surgimento de piolhos-de-cobra, você também se protege de infiltrações, vazamentos e goteiras.

Livrar-se de matéria orgânica em decomposição

O piolho-de-cobra se alimenta de animais e restos de alimentos em decomposição. Faça uma vistoria no seu quintal em busca de qualquer coisa que possa alimentar esse animal e livre-se o quanto antes. Além de evitar o piolho-de-cobra, você também deixa a sua casa longe de ratos e baratas.

Manter a casa sempre arejada e livre de umidade

O piolho-de-cobra vive e se reproduz em ambientes úmidos e escuros. Portanto, outra estratégia para eliminá-lo da sua casa é mantendo-a arejada e seca. Abra as portas e as janelas, especialmente em dias de sol, e deixe a luz natural entrar.

Verifique se há infiltrações dentro de casa, na garagem e nos demais ambientes e mantenha tudo sempre muito limpo e seco. Dê atenção especial ao banheiro e à cozinha, que são locais mais propensos à umidade e que possuem ralos de escoamento de água.

Deixar o gramado limpo e cortado

Mantenha o gramado da sua casa bem aparado, limpo e sem acúmulo de folhagens, pedras e pedaços de madeira. Assim, você evita que o piolho-de-cobra encontre o lugar perfeito para se instalar e viver.

Obviamente, o seu gramado precisa ser molhado com frequência. Faça isso no período da manhã, quando a incidência do sol não deixa acúmulo de poças de água, e evite manter o quintal encharcado sem necessidade.

Todas as medidas listadas têm a intenção de deixar a sua casa menos atrativa possível para o piolho-de-cobra. Ou seja, elimine tudo o que for favorável à reprodução e permanência desse animal na sua casa ou no seu quintal. Ao se sentir desconfortável em determinado lugar, o piolho-de-cobra procura outra moradia que atenda às necessidades dele.

Como saber se existe piolho-de-cobra no quintal?

Quando se sente ameaçado, o piolho-de-cobra se finge de morto, enrolando-se no próprio corpo e permanecendo imóvel até se sentir novamente seguro

O piolho-de-cobra, além de deixar um odor característico no local onde vive, também pode ser descoberto por meio de pontos luminosos de coloração azul que emite, com a intenção de afastar possíveis predadores noturnos, como as cobras, ratos e outros animais.

Se você não sabe ao certo se existem piolhos-de-cobra no seu quintal ou na sua casa, fique atento a esse pequeno detalhe.

Caso tenha encontrado algum no seu quintal, não precisa ficar preocupado. O piolho-de-cobra não morde e não pica. Apesar de alguns prejuízos que causam, eles são inofensivos. O nome pode até parecer um pouco assustador, mas esse animal não possui nenhuma relação com as cobras. Em alguns lugares, ele recebe até outras denominações, como embuá ou maria-café.

Além de emitir odores e luzes para se proteger de predadores, o piolho-de-cobra também se finge de morto. Ele fica com o formato de um círculo e completamente imóvel, escapando de ser devorado por outros animais.

O piolho-de-cobra é inofensivo, mas gera repulsa em algumas pessoas e pode causar pequenos prejuízos dentro da residência ou no quintal, principalmente quando surge em grandes quantidades. Se você quer saber como eliminar os piolhos-de-cobra da sua casa de maneira eficaz, as medidas listadas aqui certamente poderão te ajudar. Deixe seu comentário e tire as suas dúvidas.

× Fale no Whatsapp!