Entenda como lidar com piolho de pombo - Dedetizadora Pragfim BH
Entenda como lidar com piolho de pombo

Entenda como lidar com piolho de pombo

Os pombos aparecem em qualquer lugar. Basta existir uma pequena migalhinha de comida, e eles estarão lá. O grande problema é que se trata de aves que transmitem diversas doenças, seja pelas fezes, seja pelos piolhos. Quando ocorre uma infestação, é preciso saber como acabar com piolho de pombo rapidamente, de forma a evitar enfermidades.

Nem todos os pombos estão contaminados. Porém, o melhor é não se arriscar e sempre contar com uma empresa especializada, seja para afastar as aves, seja para eliminar os piolhos trazidos por elas. O mais importante é nunca matar o animal e ter em mente de que ele também sofre com o parasita.

Perigo ao pombo e para as pessoas

Pombos doentes são um risco para a saúde, pois são responsáveis por causar algumas enfermidades nos seres humanos.

O piolho de pombo é prejudicial não apenas para o ser humano, como também para os próprios pombos. Os parasitas vivem fora do corpo das aves e se alimentam de seu sangue. Infelizmente, as aves não conseguem remover os piolhos sozinhas e o resultado é que ficam doentes, com anemia.

Se o problema não é resolvido, os pombos começam a perder as penas e morrem com o tempo. Provavelmente, ninguém cria pombos em casa, mas como os piolhos também afetam outras aves, a dica é deixar um pote de água com algumas gotas de vinagre, para que os pássaros se banhem. Se preferir, borrife remédios indicados para combate do parasita.

Apesar do problema dos piolhos, pombos são importantes para manter a flora em equilíbrio, já que são responsáveis pela germinação de árvores frutíferas. Eles se alimentam das frutas e expelem as sementes em suas fezes, que caem em outro local. Ao entrar em contato com a terra, a semente pode germinar e dar origem a uma nova planta.

Nos seres humanos, a preocupação com o piolho de pombo ocorre por conta das dermatites. Apesar de não ser uma doença grave, é bastante incômoda, principalmente nas crianças. Os parasitas se alimentam de sangue e dos restos de pele.

Não há risco de anemia e, muito menos, de morte, já que as pessoas conseguem enxergar o piolho lhes picando e se livram das pragas mais facilmente. O mais chato é a coceira, a vermelhidão e outras reações comuns na dermatite.

Como evitar e acabar com os piolhos

Locais com bando de pombos são propícios para o aparecimento dos piolhos, principalmente se há alguma ave doente. Fonte: Sustentahabilidade.

Para evitar e acabar com os piolhos de pombo são indicados:

Anti-histamínicos

Caso tenha notado uma picada de piolho de pombo, é natural sentir o incômodo da coceira e a vermelhidão na região. Para aliviar o problema, pomadas e anti-histamínicos via oral podem ajudar.

O ideal é seguir a recomendação do médico ou farmacêutico, tomando apenas a dose indicada. O remédio vai ajudar a aliviar a coceira, mas não elimina os piolhos.

Vale lembrar que anti-histamínicos dão sono e diminuem a atenção. Prefira tomar durante a noite, antes de se deitar.

Cremes contra dermatite

Se a pele ficar muito irritada, além do uso de anti-histamínicos, pode ser recomendado passar algum creme indicado para a dermatite. Tudo depende da reação que cada pessoa tem à picada do piolho.

O uso dos cremes é interessante nas crianças, que tendem a ficar coçando a região irritada, e isso pode causar alguma lesão – que pode virar uma inflamação.

Evitar contato com os pombos

A melhor forma de evitar os piolhos de pombo é não tendo contato com as aves. Se possível, mantenha-se sempre longe. Aconselhem as crianças para não se aproximarem ou passarem as mãos nos pombos.

Outra dica importante é evitar situações que atraiam tais aves, como o hábito de jogar alpiste ou pão para outros pássaros. Ao final, essa sujeira vai atrair um ou mais pombos.

Repelente eletrônico

Os repelentes servem para afastar os pombos, já que é considerado crime ambiental matar essas aves. O repelente eletrônico é uma das opções mais práticas, já que emite um sinal sonoro que incomoda o animal.

Essa onda sonora é emitida em um raio de até 35 metros. Ou seja, já é útil para manter as aves bem longe de sua casa. Vale ressaltar que o repelente eletrônico apenas incomoda e faz com que o pombo se afaste, em nenhum momento o machuca.

Dedetizadora

Depois que você conseguiu manter os pombos longe, é o momento de verificar se há uma infestação de piolhos. Continua tendo picadas e muita coceira na pele, mesmo que as aves não estejam mais por perto? Chame uma dedetizadora para acabar de vez com os parasitas.

Dedetização com a Pragfim

Contar com uma empresa de dedetização na hora de eliminar os piolhos de pombo é o melhor que você pode fazer.Fonte: https://www.noobpreneur.com/

É difícil determinar com clareza se um pombo está contaminado, a não ser que esteja com piolhos há algum tempo, e suas penas estejam ralas. De qualquer forma, não é seguro pegar um pombo na mão ou se aproximar muito deles.

Caso tenha notado uma infestação de piolhos, é hora de chamar a dedetização, e a Pragfim pode ajudar na tarefa e oferece um serviço de qualidade e confiança, com preços justos. Primeiro, é importante afastar os pombos, utilizando alguma das técnicas sugeridas no tópico anterior.

Se isso já foi feito, e agora restam apenas os piolhos, a Pragfim dará início à dedetização, por meio de pulverização líquida, que pode ser aplicada em qualquer região, desde pisos e paredes até o teto.

Conclusão

Como acabar com piolho de pombo sem machucar os pombos? Você precisa levar isso em conta quando percebe uma infestação. Apesar de transmitirem doenças para os seres humanos, as aves em questão são importantes para a natureza e não devem ser exterminadas.

Com isso, percebe-se a importância de contar com a empresa certa na hora de eliminar os piolhos de pombo. O foco devem ser as pragas, e não as aves.

Você ficou com alguma dúvida? Já teve algum problema com esta praga? Lembre-se que pode sempre contar com a Pragfim.

Agora aproveite para compartilhar o texto em suas redes sociais e permitir que mais pessoas saibam sobre o assunto.

× Fale no Whatsapp!